David de Michelangelo

Conta a lenda que durante três meses Michelangelo ia a um local onde havia um bloco de mármore de carrara, e permanecia lá, sentado, durante horas, somente mirando o bloco. Um observador, não entendo a situação, perguntou-lhe: “O que está fazendo, você que vem e fica por horas olhando esse bloco de pedra?”. Michelangelo sem desviar o olhar disse-lhe: “Trabalhando”. Três anos depois nasceria o David.

David é uma das esculturas mais famosas do artista renascentista Michelangelo. A escultura retrata o herói bíblico com impressionante realismo anatômico, sendo considerada uma das mais importantes obras do Renascimento e do próprio autor. A escultura de 5,17 metros encontra-se atualmente em Florença, na Itália, cidade encomendou a obra à Michelangelo.

Essa escultura é uma prova de superação das limitações humanas. Michelangelo levou três anos para concluí-la, numa época em que seu principal concorrente era Leonardo Da Vinci. Michelangelo utilizou para a escultura um mármore de carrara envelhecido por 25 anos. Michelangelo optou por representar David não após a batalha contra Golias (como o fizeram outros escultores antes dele), mas em um instante imediatamente anterior. Isso explica o furor nos olhos de David, que observa com penetração o adversário.

David - detalhe

A escultura impressiona por todos os ângulos pelos quais a observamos. Visto de frente, David demonstra a força que está prestes a usar. Visto de costas, uma suavidade irrompe dos contornos de seu corpo. Visto da lateral, percebemos que o mármore utilizado para corporificar David é incrivelmente fino, significando que Michelangelo não poderia cometer nenhum erro sequer, caso contrário estaria sujeito a comprometer a obra inteira e, sobretudo, sua reputação em Florença – e na Itália, de um modo geral.

Michelangelo não era somente escultor, mas devia ser também uma espécie de engenheiro, pois não bastava somente executar a escultura – era preciso de igual maneira transportá-la para o local em que se estabeleceria. Transportar uma estátua de mármore de 5,17 metros no ano de 1504 sem danificá-la não era nada fácil.

Resumindo, o David deu muito prestígio e dinheiro a Michelangelo. Foi julgada como uma escultura inovadora por retratar David antes da batalha com Golias, reconhecida por seu realismo anatômico do corpo masculino guerreiro e configura-se, hoje, como uma obra de arte das mais famosas que existem.

Anúncios